quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Bullying: todos devemos prevenir e tratar.



Durante o ano de 2009, meu primeiro ano no curso normal, participei de diversas atividades extracurriculares, entre elas estava a Oficina de Redação. Na Oficina de Redação (atividade extracurricular oferecida pela escola e monitorada pelas estagiárias da UFPel Carine e Caroline), discutimos o tema bullying e sobre dele foi solicitada uma dissertação, a qual transcrevo abaixo:


Bullying: Todos Devemos Prevenir e Tratar

      Bullying é uma nova expressão para um problema antigo. Trata-se daquelas violências sofridas e produzidas geralmente por crianças e adolescentes em locais onde esses grupos se encontram, como por exemplo, na escola. Todos sabemos o quanto ele significa para quem sofre, mas pocos dão a importância para essa lamentável sanção grupal.
      Apesar de ser comum a quase todas instituições de ensino, muitos não dão a devida importência ao bullying, que pode deixar suas vítimas com auto-estima rebaixada, ansiedade e depressão, o que acarreta imediatamente problemas na vida escolar da vítima como mau desempenho, baixa frequência e evasão escolar.
      Deixando uma grande cicatriz em quem sofre, tona-se um problema social quando se repete inúmeras vezes, em todos os lugares. Atrapalha o aprendizdo e as relações sociais do indivíduo, portanto deve ser redobrada a atenção dos familiares e educadores, detectar a violência é o primeiro passo. O segundo passo seria tratar a vítima para tentar minimizar seus possíveis traumas. Ainda assim, a melhor forma de combater o bullying é prevenindo-o, através da conscientização de jovens que ser violento não é divertido, que pessoas são sensíveis a brincadeiras, entre outras coisas, tudo através de atividades pedagogicamente planejadas.
      Evitar o bullying é uma tarefa de todos os que convivemos com os jovens, é muito importante ter noção da  gravidade desta violência, mas tudo pode ser amenizado, se seguirmos o objetivo trabalhando unidos: pais, professores e os próprios jovens, conscientizando a todos e buscando sanar o problema coletivamente.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares